Postagens Populares

[Resenha] Depois de Você - Jojo Moyes

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 4 comentários

"E, no fim das contas, de que adiantava ficar reexaminando nossa tristeza o tempo todo? Era como cutucar uma ferida e se recusar a deixá-la sarar' "

Sinopse: Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.


''Aprendemos a conviver com a perda, com as pessoas que nos deixam, porque elas permanecem conosco, mesmo não estando vivas, mesmo não respirando mais.''

Comecei o livro sem expectativa, pois resenhas negativas me fizeram adiar a leitura e não esperar muito, no entanto acabei me surpreendendo.
No inicio nos deparamos com uma Lou bem diferente do que imaginávamos antes da continuação. O final da aquele ar de que ela seguiu em frente e está vivendo a vida ao máximo, o que e um ilusão. Fiquei devastada ao ver uma das minhas personagens favoritas tão sem vida e "apagada". Louisa está em um emprego ruim, insatisfeita com o rumo de sua vida, bebendo horrores e sofrendo por Will.

''Porque as pessoas nunca ficam felizes simplesmente deixando as coisas serem como são?''
Ela sofre um acidente e é obrigada a voltar a sua cidade natal para se recuperar e quando as lembranças ficam ainda mais fortes, no entanto, nesse meio tempo, Lou conhece Sam, um rapaz bonito e também marcado pela perda de uma pessoa próxima e acabam se aproximando ( não muito no começo).  Quando ela volta para Londres, ainda muito fragilizada, mas disposta a mudar sua vida, uma 'fantasma' do passado volta em forma de um filha bastarda do amor da sua vida. Lilly e um adolescente problemática que vê em Lou uma forma de se aproximar da família de sua pai e de se apegar a lembrança do pai que ela não conheceu.
“E o que aprendemos compartilhando nossas memórias, nossas tristezas e nossas pequenas vitórias é que não há problema em ficar triste.”
Lou nos mostra que mesmo que tudo esteja horrível a sempre um forma de levantar. Eu sempre achei a personagem inspiradora, pois já passou por tanta coisa e continua vivendo, mesmo que tudo esteja uma bagunça. E que mesmo despedaçada sempre encontramos um forma de unir os caquinhos e seguir em frente. Adorei os novos personagens, mesmo não me dando tão bem com a Lilly no começo. O Sam e um amor gente, um sonho de homem. Só lendo para saber o que eu estou falando. Ah, a saudade do Will faz o coração doer o livro todo. Esse livro te faz chorar, rir e se apaixonar novamente pela escrita incrível e pelo personagem adorável da autora. Vale muito a pena.

Classificação:

Meta Literária Para 2019

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019 5 comentários


Olá Leitores, como vão?
Mas um ano começa e tudo que eu consigo pensar é no meu fracasso literário do ano passado. Não li nem a metade do que eu pretendia e isso me fez querer que esse ano fosse diferente. Primeiramente quero dizer que esses são apenas os que eu quero ler no momento, fora os que eu pretendo adicionar ao decorrer do ano. Enfim, vamos ao post!

Melhores Leituras De 2018

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018 6 comentários

Olá leitores, como vão?
Mas um ano se vai rápido demais, eu fico assustada com a rapidez que os dias estão passando. Vocês também se sentem assim? Enfim, o POST de hoje e sobre os melhores livros do ano, infelizmente não li tudo o que eu queria e a cada ano minha leitura anda caindo e isso me deixa triste, no entanto mais um ano está vindo aí e com ele a esperança de voltar a ativa de novo. Vocês já montaram sua lista de desejos para 2019?Já montaram a meta Literária?

[Dorama] Mini dramas Para o Final de Semana #6

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 Nenhum comentário
Olá leitores, como vão?
Natal chegando e o feriadão também. Se voce ainda não sabe o que vai fazer no natal, eu te ajudo. Vamos ver doramas! Separei alguns doramas pequenos e cativantes para vocês assistirem sem perder as festividades. Espero que gostem. 

[Resenha] Para Todos Os Garotos Que Já Amei - Jenny Han

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018 1 Comentário
Resultado de imagem para Para todos os garotos que ja amei

“As mentiras mais críveis são as que têm pelo menos um pouco de verdade.”

Sinopse: Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

[Dorama] Mini Dramas para o Final de Semana #5

sexta-feira, 3 de agosto de 2018 7 comentários



Olá leitores, tudo bem? Listinha para os dorameiros que não vão para a Bienal e não tem nada para fazer no final, ou seja, euzinha.Brincadeira. Essa lista está bem fofa, tem romance, drama e um pouco de comedia. Espero que gostem. 

[Resenha + Playlist] Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven

quarta-feira, 1 de agosto de 2018 Nenhum comentário
Imagem relacionada

''Tudo isso é só um passatempo ate a gente morrer.''

Sinopse: Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.